Auxílio Brasil: saiba se você tem direito ao novo Bolsa Família

Já ouviu falar sobre o Auxílio Brasil mas não sabe do que se trata? Então confira neste artigo tudo sobre o benefício e como pedir o seu!
Auxílio Brasil

Para quem ele é indicado?

Para o recebimento do benefício Auxílio Brasil, o Governo Federal assumiu três vertentes de perfis: famílias em situação de pobreza, famílias em situação de extrema pobreza e famílias em situação de emancipação. Por isso, é preciso comprovar estar em um desses grupos para receber o Auxílio Brasil.

Como funciona esse benefício?

O atual programa do Auxílio Brasil é dividido em 6 categorias, uma para cada tipo de foco dentro da ajuda financeira. Portanto, é possível escolher: criança cidadã, bolsa iniciação científica júnior, esporte escolar, inclusão produtiva rural, inclusão produtiva urbana e compensatório de transição.

Assim, o programa Criança Cidadã é para famílias que possuem filhos de 0 a 48 anos. Portanto, recebendo R$300,00 para as crianças matriculadas em turnos integrais, e R$200 para turnos parciais. Ainda, no caso da bolsa iniciação científica e esporte, são R$100,00 mensais para estudantes que se destacarem nessas áreas.

Por fim, no caso de inclusão produtiva rural e urbana, são R$200,00 por mês para famílias que comprovarem trabalho com agricultura ou com carteira assinada. Afinal, o benefício compensatório de transição é para quem perdeu algum valor na troca do Bolsa família para o Auxílio Brasil.

Como fazer o cadastro para receber o Auxílio Brasil?

Primeiro, é importante acessar a plataforma do CadÚnico, que faz a contagem e monitoramento das famílias em situação de baixa renda. Assim, é preciso completar o formulário inteiro e receber a confirmação. Depois, você já pode se cadastrar diretamente no site do Auxílio Brasil. Dessa maneira, eles possuem informações integradas e você só precisa completar o que faltar.

Em seguida, é feita uma análise do perfil familiar e a verificação da possibilidade de benefício do Auxílio Brasil. Essa etapa funciona para evitar fraudes, e deixar quem realmente precisa do auxílio de fora. Normalmente, essa avaliação não costuma demorar, e assim que aprovado você já pode consultar o calendário de pagamentos e receber os valores.

Quais os requisitos para realizar o cadastro?

Para fazer o cadastro primeiro é importante verificar se a renda está dentro da situação básica para o Auxílio Brasil. Dessa maneira, você pode somar todos os rendimentos da família e dividir pelo número de pessoas que dependem dela. Por exemplo: pai, mãe gestante e três crianças menores de idade.

Somente o pai trabalha e recebe R$800,00 por mês. Então, a renda per capita é o total do salário dividido pelos 5 componentes da família: R$160,00 per capita. Assim, estaria apto a pedir o benefício do Auxílio Brasil. Além disso, é preciso que as crianças estejam matriculadas na rede de ensino público. Ainda, para conseguir realizar a solicitação, é preciso de cadastrar no CadÚnico, o sistema de gerenciamento do Governo Federal. Contudo, é preciso estar com os dados atualizados há pelo menos dois anos.

Perguntas frequentes sobre o Auxílio Brasil

Então, se você ainda tiver mais algumas dúvidas sobre o Auxílio Brasil, separamos algumas perguntas comuns para ajudar a entender o programa. Portanto, não deixe de conferir os próximos tópicos para saber ainda mais como funciona e se você tem direito a essa ajuda mensal.

Quem vai receber o Auxílio Brasil?

Pessoas com renda per capita (por pessoa) de até R$89,00, ou até R$178,00 em famílias com gestantes e crianças até 17 anos. Além disso, famílias que perderam valores na troca de benefícios entre o Bolsa Família e o novo programa, o Auxílio Brasil. E núcleos familiares com trabalhadores rurais ou com carteira assinada.

Qual o valor do benefício?

O valor do benefício depende do número de filhos menores de dois anos, ou de crianças matriculadas na rede pública que se destaquem. Além disso, no caso da inclusão produtiva, existe o limite de apenas um Auxílio Brasil por família. Portanto, somente R$200,00 mesmo que haja mais de um trabalhador.

Como saber se vou receber o auxílio?

Para entender quem pode receber o Auxílio Brasil, é importante se enquadrar na renda per capita máxima. Além disso, é preciso estar com as crianças menores de 2 anos matriculadas, e fazer o cadastro na plataforma do Governo Federal. Ainda, é possível baixar o aplicativo oficial para celulares, e acompanhar se você tem ou não direito por ele.

Qual o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil?

Atualmente, o calendário de 2022 já está disponível no site do Governo Federal. Assim, ele é feito com base no Número de registro do trabalhador (NIT). Dessa maneira, o final de cada registro determina o mês de recebimento dos benefícios. Portanto, é bom manter a atenção nessa etapa, e sempre consultar o aplicativo oficial do programa Auxílio Brasil.

Mas, caso você queira uma renda a mais e precise de mais dinheiro e ajuda financeira, há alguns cartões de crédito incríveis que podem te ajudar com isso. Existem cartões que liberam limites altos até para quem está com o nome sujo, sem solicitar comprovante de renda. Além disso, você consegue tudo de forma rápida e super fácil. Não perca essa chance!